Diretor de Final Fantasy XV deixa a Square Enix e DLCs para o jogo são cancelados

A Square Enix anunciou durante uma transmissão ao vivo na madrugada desta quinta-feira que Hajime Tabata, diretor de Final Fantasy XV, deixou a empresa para formar seu próprio estúdio. Consequentemente, três das quatro expansões planejadas para o jogo – os Episódios Noctis, Aranea e Lunafreya – foram cancelados.

O primeiro DLC planejado para Final Fantasy XV, o Episódio Arydyn, segue em desenvolvimento e será lançado em março de 2019.

Tabata assumiu como diretor em Final Fantasy XV após Tetsuya Nomura deixar o projeto em 2013. Antes disso, ele trabalhou em vários títulos de Final Fantasy, incluindo Crisis Core: Final Fantasy VII e Final Fantasy Type-0.

“Eu pude ganhar muita experiência com meu tempo na Square Enix. Cada título que eu fui capaz de fazer parte significa muito para mim. No entanto, o FFXV se destacou do grupo, pois foi um projeto especial para mim que eu fui ‘all in’. Portanto, decidi aproveitar esta oportunidade para anunciar oficialmente minha saída de FFXV a todos os fãs que apoiaram o título em todo o mundo”, disse Tabata na transmissão.

O primeiro sinal de que algo estava acontecendo com Tabata e sua equipe veio no início desta semana quando a Square Enix revelou que estava contabilizando um “prejuízo extraordinário” de cerca de US$ 33 milhões em custos de produção associados à Luminous Productions, uma nova subsidiária da editora criada por Tabata e membros da equipe de FF15 onde serão desenvolvidos novos jogos de grande orçamento.

A Square Enix explicou que o prejuízo foi resultado do foco do estúdio na missão de finalizar rapidamente um novo projeto de triplo-A. Tabata teria recebido várias opções para continuar sua carreira na Luminous Productions e na Square Enix, mas preferiu deixar a empresa.

“Com relação aos meus próximos empreendimentos e futuro próximo, eu tenho um projeto que eu realmente desejo consolidar como meu próximo desafio após a FFXV”, explicou Tabata. “Por essa razão, decidi deixar meu cargo atual e começar meu próprio negócio para atingir meu objetivo”.

Com o cancelamento dos DLCs, o diretor de marca global de Final Fantasy XV, Akio Ofuji, disse que os recursos podem ser realocados para um novo jogo triplo A que está em desenvolvimento na Luminous Productions.

Final Fantasy XV foi lançado para PlayStation 4 e Xbox One em novembro de 2016 e chegou ao PC no início deste ano.

TTT