Site revela que processador do Nintendo Switch é um Tegra X1 comum

switch
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O Nintendo Switch usa uma versão comum do processador Tegra X1 da Nvidia, igual àquele que equipa o Shield Android TV, e não um chip personalizado. A conclusão veio após uma análise minuciosa do site Tech Insights, que abriu o console, fotografou o interior da CPU e comparou cada detalhe com o chip original da Nvidia.

Oficialmente, a Nintendo e a Nvidia comentam que o Switch usa um chip Tegra “customizado”, mas várias evidências, como os elementos ao redor do chip, apontavam para um design inalterado do Tegra X1. Agora, foi confirmado que o chip no console pelo menos é visualmente idêntico ao Tegra X1 padrão, o que torna muito improvável haver alguma personalização em seu design.

Antes do lançamento do Switch, havia a suspeita de que o console pudesse até mesmo usar uma versão mais moderna do Tegra, o X2. Mas essa hipótese era improvável visto que o Tegra X2 foi anunciado em agosto do ano passado e não haveria tempo suficiente para que um console com a complexidade do Switch fosse construído em cima dele.

Embora o uso do chip Tegra X1 comum possa ser uma pequena decepção, a Nintendo e a Nvidia parecem ter otimizado a tecnologia com softwares mais modernos. Segundo a fabricante do chip, “a experiência de jogo do Nintendo Switch também é suportada por software totalmente personalizado, incluindo um motor de física renovado, novas bibliotecas, ferramentas avançadas de jogos e bibliotecas. A Nvidia adicionalmente criou novas APIs de jogo para aproveitar plenamente este desempenho. A mais recente API, NVN, foi construído especificamente para trazer jogos leves e rápidos para o público”.

TTT